Idade Maior

Ele não tem ereção. Já não me deseja?

, 1 comentários

Saiba que a falta de erecção nem sempre está ligada à falta atracção pela companheira!


Apesar da abundância de informação sobre a sexualidade, somos ainda vítimas de equívocos que complicam a nossa vida sexual. Catherine Blanc, sexóloga e psicanalista, responde a esta questão.

Essa pergunta reflete a ideia de que a mulher teria poder sobre a ereção do homem através do amor e do desejo que lhe inspira. Ela não tem pénis, mas fantasia com a ideia de ter esse poder sobre a ereção masculina. Mas o que acontece quando não surge a resposta fisiológica esperada? É a imagem que ela tem sobre si própria que fica afetada. "Já não sou desejável?"

A maior parte das vezes, para se libertar dessa inquietação, a mulher prefere canalizar a responsabilidade para o homem, a culpa pela sua falta de ereção, atribuindo-a à falta de amor por ela.
E o homem? Por vezes tem também a convicção de que é a mulher que reina sobre a sua ereção, como se isso não dependesse de si.

Esta partida de ping-pong demonstra a fragilidade de um e de outro, o seu desejo de controlar, bem como a impotência sobre o pénis que não obedece nem ao toque ou ao olhar...No entanto, a ereção não depende exclusivamente da aparência sexy ou não de uma mulher. O homem tem várias ereções noturnas, que a maior parte das vezes nada tem a ver com a mulher com quem está a dormir. Quando a ereção deixa de ser ponto de encontro, e fora de qualquer distúrbio psicológico, é preciso procurar as razões psicológicas.

O que se passa para que o homem não queira "acolher" a sua ereção? O que quer ele punir? A si próprio? A sua companheira? A explicação pode ser outra. Por vezes, um amor excessivo deixa o pénis inerte, pois, inconscientemente, o homem associa a penetração a um ato violento ou degradante para essa mulher que ele tanto venera. A ereção continua a ser a manifestação do poder do homem em se disponibilizar ou não, mesmo que esse poder seja, a maior parte das vezes, inconsciente.

Se o homem tem liberdade de pensar, juntamente com um terapeuta, sobre as razões desse entrave, a mulher pode questionar-se porque deixa que seja o pénis a determinar o seu valor próprio.
1 comentários
  • joao brazio
    16 de January
    preocupa-me esta situação